Depressão é doença?

images (2)

A depressão é considerado um transtorno de humor, é uma doença psicossomática de   origem afetiva que pode ter causa psíquica ou orgânica, é importante esclarecer que não existe a depressão, e sim os vários tipos de depressões. Os inúmeros fatores relacionados ao surgimento podem ser desencadeados diante de momentos de transição na vida da pessoa. Do ponto de vista psicológico, é preciso explicar que não são apenas os determinantes externos que instalam os quadros depressivos e sim a forma como o indivíduo os encara, sendo, portanto, ligados a sua estrutura psíquica e história pessoal. Na maioria das vezes a depressão é percebida pelas pessoas que convivem com o paciente. Em geral, a pessoa não apresenta capacidade de escuta, nem energia pessoal para implementar as mudanças necessárias na vida. Por isso é importante o acompanhamento psicológico, para não somente identificar as causas do transtorno mas, também compreender quais posicionamentos diante da vida estão sendo negligenciados para ser apontados por meio dos sintomas. 

Depressão afeta pessoas de todas as idades, caracteriza-se pela perda de prazer nas atividades diárias, apatia, alterações diminuição da capacidade de raciocinar adequadamente, de se concentrar ou/e de tomar decisões, psicomotoras, fadiga e sensação de fraqueza), alterações do sono alterações do apetite , redução do interesse sexual, retraimento social, idéia suicida e prejuízo funcional significativo.

O estresse é a causa básica da depressão
Quando estamos estressados o cérebro reduz a produção de serotonina, o “hormônio da felicidade”. Nós literalmente perdemos nossa felicidade interior. Frequentemente a depressão surge como resultado de estresse crônico ou mesmo estresse traumático.

A medicação anti-depressiva tenta regular a serotonina, mas isto vai apenas tratar os sintomas, não a causa; que pode estar ligada a um fator situacional estressor como perdas, traumas ou luto e, assim, ser entendida dentro de um contexto transitório ou apresentar-se como característica de base, marcante na personalidade da pessoa durante toda vida. O transtorno, em muitos casos, possui base genética. No entanto, a atuação da medicação psiquiátrica só será indicada em quadros moderados ou severos, quando todas as tentativas pessoais de superação fracassaram. É difícil um indivíduo sozinho perceber e compreender as dificuldades que o cercam. Por isso, é de extrema importância o acompanhamento médico para o diagnóstico porque, o transtorno geralmente está associado ao ganho ou perda de peso em curto espaço de tempo, aumento considerado das horas de sono ou insônia persistente, irritabilidade acentuada e desproporcional à situação, além de crises, descontroles nervosos e choros compulsivos.

 É aconselhável intervenção medicamentosa e acompanhamento psicológico. Depressão é doença e precisa ser vista como tal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s