RELACIONAMENTOS EMPOBRECIDOS

imagesSabe-se que, o que o ser humano mais deseja, é afeto. Esse é o nosso diamante, nada é mais tão importante para o ser humano do que a sensação de pertencimento, de ser aceito. Parece que tudo nos leva a buscar esse afeto, o sentir amado. O ser humano se constrói pela influência do outro; se percebe pela reação do outro. Relacionar-se é enriquecer-se de experiências, É crescer emocional, existencial e espiritualmente, por aceitar as diferenças e as fragilidades observadas tanto do outro quanto a de si mesmo. Pessoas excessivamente tímidas ou desconfiadas estão sempre esperando ser criticadas, por exemplo, pode se habituar a ouvir só a crítica em si e nada mais, ou então só escuta aquilo que consegue aceitar como favorável. São esses os relacionamentos difíceis.

Se tememos avaliação ou crítica, provavelmente nos sentiremos inferiores e menores do que os outros e certamente abaixaremos os olhos, evitando qualquer contato visual, por não querer se expor, ocultando sentimentos e fugindo do que possamos perceber no outro. Essas pessoas utilizam da tecnologia para não cair com o isolamento social. A internet, por sua vez ocupa o papel de manter as pessoas próximas, porém muito distantes umas das outras, muitos se contentam com comunicação, fútil, empobrecida e fria. Daí o aumento da incidência de doenças mentais em uma geração pobre de afeto. Mas a modernidade é marcada pelo empobrecimento da experiência de vida afetiva, do relacionamento corpo-a-corpo.

 Acredita-se que, devido a esse empobrecimento nas relações humanas pode levar a uma desregulação neuro-hormonal, produzindo transtornos ansiosos e uma desregulação do Sistema Nervoso Autônomo, que transforma-se em radicais livres, substâncias que lesam as moléculas, e os tecidos e aceleram o envelhecimento. Esses radicais são a base de muitas doenças.

A conduta humana é imprevisível, soma de emoções, vivências diferenciadas, habilidades, inabilidades e aprendizados sociais variados o que ajuda também estar ciente de suas próprias capacidades, para se fortalecer e se ter energia suficiente para suportar a frustração. Mas vale a pena!

Um Abraço

Therezinha Silveira

Anúncios

Um comentário sobre “RELACIONAMENTOS EMPOBRECIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s