CONSULTÓRIO DE PSICOLOGIA, quando re-significar etapas da vida (?)

download

 

A psicologia se propõe a estudar a mente e o comportamento humano considerando a particularidade de cada um, e cujo objetivo é a saúde mental do indivíduo. A psicoterapia é um espaço de atenção às dificuldades da vida e aos instrumentos internos para solucioná-los. Algumas fases da vida mobilizam mais, como: maternidade, perda de emprego, divórcio ou o falecimento de um ente querido. Esses, e outros; são momentos que um psicólogo clínico pode auxiliar na superação dos sentimentos de perdas, dando suporte, re-significando essa nova etapa da vida.

Normalmente as pessoas reclamam da dificuldade em poder ser ouvidas e compreendidas por alguém, encontrar alguma pessoa em que se possa confiar totalmente e principalmente, não ter suas ideias, pensamentos e problemas julgados e questionados. Certamente em terapia você não ouvirá as famosas frases: “Se eu fosse você”, “No seu lugar” e “Você devia fazer como eu faço” ou: ‘‘eu não te disse! Viu no que deu?’’ Quem nunca se perguntou: por que sempre escolho o homem errado? Por que não consigo dizer não? Por que preciso sempre agradar os outros? Por que preciso sempre ter controle de tudo? Por que não consigo parar num emprego? Por que tenho problemas com autoridades? Por que tenho dificuldades para me relacionar? É muito comum essas e outras perguntas passar por nossas cabeças. O terapeuta auxilia o paciente a refletir, fazer com que se responsabilizem por sua vida, suas escolhas, atitudes e comportamentos. Ombro e colo são necessários sim, para os momentos de dor; mas nesses casos um bom profissional vai auxiliar, apontando possíveis soluções e através dos próprios recursos internos de cada um, proporcionando mudanças. Oferecendo apoio, suporte, auxiliando através de formas mais adequadas para enfrentar os desafios de cada dia. Sem falar que é muito confortável ter alguém para pensar conosco os nossos problemas e questões, buscando juntos alternativas para melhor enfrentar uma situação.

Não podemos terceirizar a responsabilidade que devemos ter com a nossa felicidade. Ela não pode vir por meio de coisas externas, pois a verdadeira felicidade, o autocontrole só pode acontecer na jornada do autoconhecimento; e do encontro de sentido e significado existencial. Nem o dinheiro pode ser instrumento para se atingir a felicidade, pois feliz é quem gosta de si, e gosta de viver, tem fé na própria vida, independente dos percalços tristes que possam acontecer. Caso você ou alguma pessoa conhecida esteja com dificuldade para encontrar apoio ou solucionar alguma questão, considere a terapia como um suporte, uma opção. Saiba que existem pessoas capacitadas e que estão aptas para auxiliar na melhoria da qualidade de vida.

Abraço

Anúncios